25 de outubro de 2021

Veja como se dará a morte de Reginaldo em Império

Compartilhe sem moderação

Reginaldo (Flávio Galvão) acabará tendo um final bastante trágico em Império. Isso porque o marido de Jurema (Elizangela) será assassinado por Cora (Marjorie Estiano), que, por sua vez, sofrerá uma tentativa de estupro dele nos próximos capítulos da reprise da trama de Aguinaldo Silva.

Tudo acontecerá quando o homem entrar no quarto da tia de Cristina (Leandra Leal) e avistá-la dormindo. Na ocasião, ele se mostrará afim de tirar a virgindade dela sem o consentimento da vilã. “As suas preces foram atendidas. Ai, é agora”, comentará ele, pronto para dar o bote.

Veja também: resumo dos próximos capítulos de Império

Ao subir em cima da antagonista e deixar seu revólver de lado, o pai de Jairo (Julio Machado) será confundido por ela com José Alfredo (Alexandre Nero), já que a mesma estará em um sono profundo. “Sim, finge que sou eu. Tá tudo bem”, disparará o estuprador.

Porém, ela logo acordará e perceberá o que está acontecendo. Desesperada, a irmã de Eliane (Malu Galli) gritará por socorro, mas terá sua boca tapada pelo veterano. “Quando eu sair daqui, você vai deixar de ser donzela. E aí você vai poder ir à igreja para agradecer… Isso, resista que eu gosto, assim você está me deixando doido”, soltará o personagem de Flávio Galvão.

Reginaldo tenta estuprar Cora (Foto: Reprodução)

Só que o que ele não esperava era ser interrompido com a chegada de Jurema, a qual se espantará ao ver a cena. Sem reação, Reginaldo, então, parará o que estava fazendo na intenção de se explicar para a esposa. “Foi pra isso que tu voltou? Pra me dar mais esse desgosto?”, questionará a personagem de Elizangela, incrédula e saindo do local na sequência.

Depois disso, o assediador irá atrás da mulher e deixará Cora no quarto chorando e rezando: “Ó senhor, Deus é grande. Me mostra como destruir esses dois, por favor”, suplicará a megera, que, nessa hora, avistará a arma de Reginaldo jogada na cabeceira da cama.

Cora atirará em Reginaldo (Foto: Reprodução)

Minutos após, Jurema acabará tropeçando e caindo da escada, depois de discutir com o marido, fazendo com que a personagem de Marjorie Estiano pense que ele a empurrou. Sem pensar duas vezes, a antagonista apontará o revólver para o safado, afirmando que ele foi um pecador e atentou contra a castidade, não restando outra alternativa para ela a não ser a de matá-lo a sangue frio. Estas cenas vão ao ar somente em outubro na edição especial da sua novela das nove.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *