16 de outubro de 2021

Faroeste Caboclo: PMs que se desafiaram para duelo em Juazeiro do Norte/CE vão responder disciplinarmente

No Ceará, a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) resolveu instaurar conselho de disciplina contra dois policiais militares flagrados brigando em uma loja de conveniência em um posto de combustíveis em Juazeiro do Norte, região do Cariri Cearense. Os agentes Desyderyo Washington Tavares Santos e Alex Sandro Mirtis Nobrega Azevedo se desafiaram para um duelo no último mês de julho e foram presos em flagrante.

Segundo o portal Diário do Nordeste, a decisão da CGD foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa sexta-feira (17). O conselho de disciplina em desfavor dos soldados será presidido pela 7ª Comissão de Processo Regular Militar. Conforme a Controladoria, uma composição de serviço compareceu ao local e precisou intervir na briga ocorrida em 24 de julho deste ano. Um tenente-coronel deu voz de prisão por crime militar aos agentes.

No vídeo é possível ver que os policiais trocaram chutes e socos. Em determinado momento da briga, um dos agentes chega a apontar uma arma de fogo para o outro.

Ambos os soldados chegaram a ser transferidos para o Presídio Militar de Fortaleza, mas retornaram à liberdade por decisão do Judiciário. Os alvarás de soltura foram expedidos no último dia 30 de julho. A reportagem não localizou as defesas dos policiais.

Entenda o caso

Segundo informações apuradas pelo Diário do Nordeste, o desentendimento teve início depois que um dos homens enviou um convite de amizade para a namorada do outro por meio da rede social. Durante a conversa para esclarecer o assunto, o desafio do duelo teria sido lançado. Os policiais estavam de folga e à paisana no posto de combustível localizado no bairro Lagoa Seca.

No vídeo, é possível ver que os policiais trocaram chutes e socos. É também possível flagrar o momento em que um dos agentes de segurança aponta a arma para o outro.

Dentro da loja de conveniência do posto de gasolina, homens tentam separar os dois e apaziguar a situação.

Após chamarem uma viatura ao local, policiais levaram Desyderyo e Alex até o quartel, onde a briga foi confirmada por meio dos vídeos da câmera de segurança e ambos foram presos em flagrante.

Conforme o artigo 224 do Decreto Lei nº 1.001/1969, o ato pode levar a uma pena de detenção mínima de três meses, a depender da gravidade do caso.

“Tendo a PMCE sido acionada, e imediatamente comparecendo ao local, onde ambos foram identificados, receberam voz de prisão do superior hierárquico e foram apresentados no 2º Batalhão da PMCE, onde foram autuados e recolhidos ao presídio militar”, explica a nota da PM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *