16 de outubro de 2021

Indiciado por lesão corporal, Nego do Borel pode deixar A Fazenda

A influenciadora digital, Duda Reis, acusou o ex-noivo, Nego do Borel, por estupro de vulnerável, lesão corporal, violência doméstica, injúria e ameça. Até o momento, apenas o crime de lesão corporal pela Lei Maria da Penha foi acatado pela delegada responsável. “Com relação aos demais fatos citados pela vítima neste procedimento, por ora, não vislumbro elementos suficientes para determinar o indiciamento do investigado, sem prejuízo de entendimento diverso por parte do Ministério Público”, disse a policial.

Agora, cabe ao Ministério Público decidir se denuncia o famoso pelo crime, ou não. A defesa de Nego pediu para que a delegacia responsável aguarde 90 dias para que o artista possa prestar esclarecimentos sobre o indiciamento. No pedido, os advogados alegam que o cantor está confinado em A Fazenda 13.

Ainda não houve resposta à solicitação feita pelos advogados do artista.

Vale lembrar que a Justiça liberou R$ 424.920 mil do cantor, que foram apreendidos na casa dele após as denúncias feitas por Duda Reis. À época, a influencer acusou o funkeiro de armazenar em casa R$ 2 milhões e um fuzil. Os policiais analisaram todas as contas bancárias e o imposto de renda do artista, tanto como pessoa física quanto jurídica, e nada ilícito foi encontrado. Foram apreendidos também três aparelhos celulares, um PlayStation 4 e dois computadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *