16 de outubro de 2021

Fabrício Melgaço cumpre promessa, mata Zé Alfredo pelas costas

Em ImpérioJosé Alfredo (Alexandre Nero) e Josué (Roberto Berindelli) vão ao galpão abandonado salvar Cristina (Leandra Leal). Eles serão recebidos a tiros por Maurílio (Carmo Dalla Vecchia).

O vilão acabará levando um tiro certeiro do comendador e morrerá. Após o embate, José Alfredo conseguirá entrar no galpão e encontrará José Pedro (Caio Blat) apontando com uma arma para ele, enquanto a loira estará amarrada. “Foi muita ousadia sua ter me desobedecido”, dirá o filho mais velho de Maria Marta (Lilia Cabral).

“Enquanto Josué cuida do Silviano, vou soltar a Cristina e lhe dar a lição que você merece”, responderá o comendador. O filho então ameaçará o pai. “Regicida! Eu sou o homem que vai matar o rei”, dirá ele. Mas a ação deixará o homem de preto mais revoltado ainda.

“Melhor dizer ‘parricida’… É assim que chamam o filho que mata o próprio pai. Um dos crimes mais bárbaros que um ser humano pode cometer”, dirá ele. Vendo os dois discutirem, Cristina terá a brilhante ideia de mexer com a estrutura onde o irmão está apoiado. Com isso, o vilão cairá no chão e Zé Alfredo aproveitará para tirar a arma de suas mãos e ainda dará uma coronhada que o deixará desacordado.

Fabrício mata o Imperador

Após deixar Zé Pedro no chão, o trio estará prestes a sair, quando um tiro disparado por Silviano (Othon Bastos) acerta Josué. Ele se virará e revidará matando o homem. José Alfredo se preocupará com o fiel escudeiro. “Melhor a gente ir, sim, tratar estes ferimentos, e mandar a polícia vir buscar José Pedro… Mesmo que ele acorde e fuja, vai acabar sendo encontrado”, dirá ele.

Mas, sem esperar Zé é surpreendido por José Pedro, que atirará no próprio pai. “Meu pai… Pai! Ele está morto”, gritará Cristina aos prantos. Em seguida, o vilão tentará se matar, mas será impedido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *