16 de outubro de 2021

Após luta contra câncer de mama, Zileide Silva desabafa:’Dá muito medo’

Jornalista da Globo em Brasília (DF), Zileide Silva fez um desabafo sobre a luta contra o câncer de mama. Nesta segunda-feira (4), a profissional relatou a sua experiência durante o tratamento de quimioterapia e, após a cura, afirmou: “Dá muito medo, muita raiva”.

“Não vou negar, durante todo o processo, dá muito medo, muita raiva, [você se pergunta:] ‘por que isso está acontecendo comigo’? Não é um tratamento fácil, a quimioterapia é extremamente complicada, te deixa para baixo, meio insegura. Mas aí, sou meio Poliana mesmo. Tinha essa certeza que ia superar mais essa”, afirmou Zileide em entrevista ao Papo de Segunda, do GNT.

Durante o bate-papo com Fabio Porchat, João Vicente de Castro, Francisco Bosco e Emicida, a jornalista política relatou a sua experiência ao descobrir que estava com câncer.

“Dá um medo. Essa é uma notícia que ninguém quer receber, o câncer. Durante muito tempo, nós nem falávamos a palavra câncer, a gente falava: ‘Ah, tem uma doença’ ou ‘Tem um problema’. Tem esse medo de câncer quase ser um sinônimo de morte. Dá um medo, dá um terror de como enfrentar isso, só que a gente tem uma corrente de amigos, família e médicos”, pontuou ela.

“Tinha essa torcida organizada falando comigo: ‘Opa, vamos aí, levanta! Pode chorar hoje, mas levanta, sacode a poeira, vamos enfrentar tudo o que for necessário’. É bem isso o que acho muito importante, seguir a orientação dos médicos. Eles sabem o que estão fazendo. O início tem muito medo, depois uma certa raiva, o incômodo do
tratamento e aí, bola para frente, vamos superar mais essa, vamos tocar o barco”, complementou a jornalista.

No programa, Zileide também comentou sobre a importância da presença de negros na mídia: “A televisão brasileira ainda é muito branca. Nesse último ano, mudou muito, você vê principalmente a propaganda, tem muitos atores e atrizes negros. Agora, existe ainda esse espaço a ser ocupado”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *