16 de outubro de 2021

Vídeo: Com 1 a menos e noite heroíca de Luiz Daniel, Sampaio vence Vasco, no Castelão

Mesmo com menos um, o Sampaio Corrêa venceu o Vasco da Gama nesta noite de sábado (09), no Castelão, numa jornada heróica do goleiro Luiz Daniel, defendendo pênalti cobrado por Nenê.

O Tricolor abriu o placar com Allan Godói e voltou a vencer após sete rodadas. No fim, o ídolo vascaíno desperdiçou a cobrança, com uma grande defesa do goleiro maranhense. O Cruz-Maltino está na 8ª colocação com 43 pontos, enquanto a Bolívia Querida ocupa a 10ª com 40.

Início fulminante
O Vasco iniciou a partida com uma marcação no campo do adversário, tentando forçar o erro nas saídas de bola. Pela esquerda, Nene tentou o cruzamento rasteiro na área, mas Luiz Daniel encaixou a bola. Em seguida, Riquelme fez uma bela jogada por dentro e achou Gabriel Pec na área. O atacante bateu cruzado e bola passou rente à trave do time maranhense.

Pênalti anulado
Na primeira grande jogada dos donos da casa, Ciel recebeu um belo passe pela direita e dividiu com o goleiro Vanderlei. O árbitro Caio Max assinalou a penalidade máxima com muita reclamação por parte dos jogadores vascaínos. No entanto, após consulta ao VAR, o juiz decidiu anular o pênalti e dar sequência ao jogo. 

Bolívia pelo alto
As únicas oportunidades do Sampaio Corrêa no primeiro tempo foram em jogadas pelo alto. Na primeira delas, Pimentinha cruzou na área e Allan cabeceou por cima, mas a bola ainda chegou a desviar em Ricardo Graça. Na cobrança de escanteio, o atacante voltou a cabecear, mas Vanderlei defendeu. 

Vasco pela esquerda e expulsão polêmica
O Gigante da Colina explorou o lado esquerdo durante todo primeiro tempo. Nene cobrou um escanteio rasteiro e a bola passou por Cano. Na sobra, Castan finalizou e foi bloqueado. Em boa jogada de Marquinhos Gabriel, Pec recebeu na frente e dividiu com o lateral Luís Gustavo. O árbitro expulsou o jogador em meio à muitas reclamações dos atletas da equipe maranhense. 

Gol anulado
No início da etapa final, o time da Cruz de Malta balançou a rede, mas havia um impedimento no lance. Gabriel Pec achou Nene na área e o camisa 77 marcou. Contudo, o camisa 11 estava à frente na origem do lance. Mesmo com um a mais em campo, os visitantes deixaram espaço e o Sampaio chegou com perigo com Ciel, que bateu colocado. 

Gol de cabeça
Fernando Diniz, então, tirou Ricardo Graça e decidiu ousar ao colocar Daniel Amorim, mais um centroavante. Mas foi o time maranhense quem chegou com perigo. Nilson Júnior recebeu no lado esquerdo e ficou de frente para Vanderlei, mas chutou em cima do goleiro. Em uma cobrança de escanteio, Allan Godói apareceu sozinho e cabeceou para o fundo da rede. 

Incrível

Ao tomar o gol, o Vasco teve que se lançar ao ataque de vez e teve uma grande oportunidade. Nenê cruzou na área e a bola sobrou para Daniel Amorim, que tentou um vôlei, mas Luíz Daniel fez uma grande defesa e salvou o Sampaio Corrêa. Aos 40, após escanteio, Leandro Castan teve a chance de finalizar na pequena área, mas desequilibrado.

Luiz Daniel salva a noite do Tubarão
No fim, Morato cruzou para Cano, que dominou e chutou forte, mas o goleiro do Sampaio Corrêa voltou a se destacar e fechar o gol. Em uma boa jogada do Vasco, Riquelme sofreu o pênalti. Nenê foi para a cobrança e o arqueiro defendeu para sacramentar a vitória do time maranhense.

FICHA TÉCNICA
SAMPAIO CORRÊA 1X0 VASCO

Data/Hora: 9/10/2021, às 21h
Local: Castelão, em São Luís (MA)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões Amarelos: Luiz Daniel, Márcio Araújo, Alyson e Ciel (SAM) / Figueiredo e Daniel Amorim (VAS)
Cartões Vermelhos: Luís Gustavo (SAM)

Gols: Allan Godói (19’/2T)

SAMPAIO CORRÊA

Luiz Daniel, Luís Gustavo, Alan Godói, Nilson Júnior e Alysson; Baraka, Eloir, Márcio Araújo (Ferreira – intervalo); Nadson (Jean Silva 23’/2T), Pimentinha (Jarro Pedroso 45’/2T) e Ciel (Diego Cardoso 41’/2T)

Técnico: Felipe Surian

VASCO

Vanderlei, Zeca (Figueiredo 40’/2T), Ricardo Graça (Daniel Amorim 14’/2T), Leandro Castan e Riquelme; Bruno Gomes, Nene, Marquinhos Gabriel; Gabriel Pec (João Pedro  27’/2T), Morato e Cano.

Técnico: Fernando Diniz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *