27 de outubro de 2021

Globo dá rasteira na Band e compra direitos de reality gastronômico

Compartilhe sem moderação

Considerado o MasterChef dos drinks, o programa Bar Aberto está de mudança de emissora na televisão. Após a primeira edição ser exibida pela Band na TV aberta, em 2020, o primeiro reality de coquetelaria do Brasil estreia nesta quinta-feira (14), às 21h30, sua segunda temporada no canal Multishow, da Globo. A apresentação será Laura Vicente e Marcio Silva.

Na atração, 10 competidores estão em busca do título de melhor bartender amador do Brasil. Ao longo de oito episódios, Bar Aberto traz dois convidados a cada edição: uma celebridade ou influenciador, que participa durante todo o programa, e um especialista para avaliar as provas. Logo na estreia, a cantora Pocah e Leandro Santos, vencedor da primeira temporada do reality, têm a missão de degustar e aprovar os drinks do desafio final, ao lado de Márcio e Laura.

Ademara, Esse Menino, Gloria Groove, Madama Brona, Negra Li, Preta Gil e Rafael Zulu vão participar dos episódios da segunda temporada. Alex Mesquita, Alice Guedes, Fabio La Pietra, Marquinhos Felix, Leo Young e Stephanie Marinkovic compõem o quadro técnico do júri.

O reality conta com duas dinâmicas: um mini challenge e um drink final. No primeiro, serão trabalhadas algumas expertises essenciais à arte da coquetelaria, como o repertório e o raciocínio rápido. A partir daí, os participantes somam vantagens para o desafio final, em que o drink será executado em uma grande prova eliminatória.

Jogos para aguçar a troca entre os membros serão propostos em um espaço de convivência, que também terá uma tela para que os competidores possam acompanhar eventuais provas de seus concorrentes, fazendo comentários e aumentando assim a tensão.

A apresentadora Laura Vicente diz que o público não perde por esperar a atração. “É um reality que pode ensinar muito a gente que ainda tá em casa nesse momento de pandemia, voltando aos poucos ou querendo descobrir uma nova coisa. É muito legal porque os participantes trazem essas histórias reais, de ser aquela pessoa que faz os drinks no rolê da galera, de ser aquela que faz um bar improvisado em casa… tanta história bacana, vai ser muito massa!” comemora Laura.

“O programa é muito inclusivo, completamente humano! Incríveis humanos com incríveis histórias de superação se expressando com o público através de coquetéis. O público com certeza vai se familiarizar com a fluidez do programa e com todas as histórias de cada participante. Isso vai incentivar as pessoas a se arriscarem a fazer mais coquetéis em casa para todo tipo de ocasião”, conta Marcio Silva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *