Unileão adere à campanha Outubro Rosa e conscientiza a população sobre o câncer

Compartilhe sem moderação

Sendo uma das campanhas das cores mais conhecidas, o Outubro Rosa chama a atenção para o combate ao câncer de mama e de colo do útero. Em apoio a esse movimento global, celebrado anualmente desde os anos 90, o Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão) busca informar e promover a conscientização da população para a importância da prevenção e do diagnóstico precoce dessas doenças.

Enfermagem na prevenção e diagnóstico precoce das doenças

Segundo a profa. Allya Mabel, docente do curso de Enfermagem da Unileão, o câncer de mama e de colo do útero são abordados na graduação de forma a atualizar os conhecimentos dos estudantes nos princípios éticos e científicos dessas patologias, para aplicação do desempenho e condução dos casos com uma atenção integral à saúde da mulher em seu contexto social, econômico e cultural.

Além disso, o curso realiza, durante todo o ano, ações com o intuito de incentivar a prevenção e auxiliar no diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero.

Câncer de mama em animais

De acordo com a profa. Araceli Alves Dutra, docente do curso de Medicina Veterinária da Unileão, os animais também podem ser acometidos pelo câncer de mama. Para a identificação dessa patologia, os tutores devem ficar atentos aos sinais, como:

  • Aumento de volume nodular nas mamas – caroços em sua grande maioria firmes – que podem ulcerar e formar feridas que não cicatrizam. Esse sintoma pode ser observado em uma ou mais glândulas mamárias do animal;
  • Dor na palpação das mamas;
  • Secreção.

“O próprio tutor deve realizar a palpação de todas as mamas e, ao sentir os nódulos, deve imediatamente levar o animal ao veterinário. Para diagnóstico, poderão ser realizados exames citológicos e histopatológicos (biópsias). É importante salientar que os pacientes devem passar por outros exames para estadiamento da doença e para diagnosticar presença de metástase”, observa a profa. Araceli Alves Dutra.

Hospital Veterinário da Unileão atende animais com câncer de mama

Hospital Veterinário da Unileão atende animais com câncer de mama ou com outros tipos de tumores, realizando exames para o diagnóstico seguro da doença, tratamento e acompanhamento dos pacientes.

Os tutores interessados nos atendimentos podem entrar em contato pelo WhatsApp (88) 2101-1030 para obterem mais informações sobre os serviços e agendamentos. Os procedimentos são realizados pelos estudantes do curso de Medicina Veterinária da Unileão, sob a orientação de professores especialistas com ampla experiência prática nas respectivas áreas de atendimento.

Atividades para colaboradoras da Unileão

Entre os dias 27 e 29 de outubro, no período da tarde, serão realizados momentos de apresentação da proposta do Outubro Rosa, como o objetivo da campanha e um pouco sobre a história da iniciativa; uma explicação sobre o câncer de mama e de colo do útero, riscos, tratamento e, por último, uma demonstração prática de como fazer o autoexame de mama. Essas atividades serão conduzidas por alunas da Liga Acadêmica em Uroginecologia e Obstetrícia (LAUGO), que é coordenada pela profa. Carolina Macedo.

Confira os dias, horários e locais das ações:

Data: 27/10

Horário: 13h30 às 14h | 14h15 às 14h45

Campus: Crajubar

Local: Auditório

Data: 28/10

Horário: 13h30 às 14h | 14h15 às 14h45

Campus: Saúde

Local: Sala 10 (Sala de Reunião)

Data: 29/10

Horário: 13h30 às 14h | 14h15 às 14h45

Campus: Lagoa Seca

Local: Sala Multifuncional, Bloco F

Câncer de mama

O câncer de mama é ocasionado pelo desenvolvimento anormal das células da mama, que se multiplicam repetidamente, formando um tumor maligno. A doença pode ser assintomática ou apresentar sintomas.

Sinais e sintomas do câncer de mama:

  • Nódulo súbito;
  • Nódulo axilar;
  • Alterações na pele do mamilo (secreção, prurido, vermelhidão);
  • Saída de secreção espontânea unilateral;
  • Inflamação mamária (aspecto de casca de laranja).

Para que possa observar qualquer alteração nas mamas, é fundamental que a mulher busque conhecer bem o seu corpo e, ao perceber alguma anormalidade, procure um médico para que seja investigado o risco de se tratar de câncer. Quando diagnosticado em fases iniciais, pode ser tratado com mais chances de cura, impedindo que o tumor se espalhe para outros órgãos.

Hábitos que previnem o câncer de mama

Conforme o Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, como:

  • Controle do tabagismo e etilismo;
  • Controle do ganho de peso;
  • Amamentação prolongada;
  • Evitar o uso prolongado de anticoncepcional;
  • Evitar sedentarismo;
  • Realizar atividade física regular;
  • Alimentação saudável.

Além dessas atitudes e como forma de prevenção, indica-se que toda mulher dos 50 aos 69 anos faça o exame de mamografia a cada dois anos, mesmo sem apresentar sintomas.

Câncer de colo do útero

O câncer de colo do útero é uma doença causada por alguns tipos do Papilomavírus Humano (HPV) muito frequentes e que não causa doença na maioria das vezes. No entanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. Essas alterações são descobertas facilmente no exame preventivo e são quase sempre curáveis. Por isso, é importante a realização periódica do exame.

A infecção genital tem desenvolvimento lento e pode ser assintomática em fase inicial. Nos casos mais avançados, pode evoluir para sangramento vaginal intermitente (que vai e volta) ou após a relação sexual, secreção vaginal anormal e dor abdominal associada a queixas urinárias ou intestinais.

Confira fatores de risco para o câncer de colo de útero:

  • Início precoce da atividade sexual e múltiplos parceiros;
  • Tabagismo (a doença está diretamente relacionada à quantidade de cigarros fumados);
  • Uso prolongado de pílulas anticoncepcionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *