Rodoviários rejeitam proposta de 2% e greve é mantida em São Luís

25 de outubro de 2021 Por Sólon Vieira 0
Compartilhe sem moderação

Rodoviários do transporte público de São Luís rejeitaram no fim da tarde desta segunda-feira (25), uma proposta feita pelos empresários do setor de reajuste salarial de 2%, e portanto, devem manter a greve por tempo indeterminado. 

Os rodoviários pedem reajuste salarial de 13%, dentre outras reivindicações.

A categoria está em greve desde a última quinta-feira (21), chegando ao 6º dia de paralisação nesta terça (26).

De acordo com o portal Imirante, após a reunião, o prefeito Eduardo Braide se reuniu com a equipe técnica e solicitou que representantes do sindicato dos rodoviários permanecessem na sede da Prefeitura para um novo diálogo ainda nesta segunda.

Segundo Marcelo Brito, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, o reajuste proposto foi recusado pelos motoristas e cobradores que se concentravam em frente a Prefeitura de São Luís. 

A reunião no Palácio de La Ravadière acabou inviabilizando a terceira reunião dos empresários e rodoviários com o Ministério Público do Trabalho (MPT) que vem intermediando as negociações entre a categoria e os empregadores.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, o prefeito Eduardo Braide se comprometeu em conseguir uma nova saída até a próxima quinta-feira, 28. Esta resposta dependerá do que a gestão municipal definir para atender as demandas apresentadas pelos empresários