Segue greve no transporte e Prefeitura desmente Sindicato sobre falta de proposta

25 de outubro de 2021 Por Sólon Vieira 0
Compartilhe sem moderação

Após terminar sem acordo duas audiências de conciliação, realizadas no último sábado (23), segue a greve dos rodoviários do transporte coletivo na Grande São Luís, chegando ao seu 5º dia.

O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) informou que haverá uma terceira audiência de mediação coletiva entre rodoviários e empresários do setor de transporte coletivo, nesta segunda-feira (25), às 15 horas, na sede do órgão ministerial trabalhista, no bairro Calhau.

Para esse encontro, além dos sindicatos de patrões e empregados e dos representantes do município de São Luís, está prevista a notificação da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB) e da Procuradoria Geral do Estado do Maranhão (PGE) para estarem presentes na audiência.

Desmentido

É inverídica a informação de que a Procuradoria do Município não teria apresentado nenhuma medida que pudesse pôr fim ao impasse entre rodoviários e empresários, durante a audiência realizada no sábado (23), no Tribunal Regional do Trabalho.

Pelo menos é o que diz uma fonte da Procuradoria, em nome do Município de São Luís, que, segundo informações, teria proposto um auxílio emergencial ao sistema de transporte público para pôr fim ao movimento grevista, o que foi rejeitado.

Ainda segundo a Procuradoria, o Município segue auxiliando no que for preciso para que o transporte público volte a funcionar normalmente para atender a população de São Luís.
Complementando, a fonte diz que “na falta do acordo, ficam mantidas todas as decisões anteriores, incluindo multa diária de R$ 50 mil e bloqueio de contas dos sindicatos.”