Ex-candidatos a prefeito defendem CPI dos Transportes em São Luís e lançam movimento para ter apoio da população

1 de novembro de 2021 Por Sólon Vieira 0
Compartilhe sem moderação

Três candidatos à Prefeitura de São Luís, em 2020, decidiram unir esforços para exigir transparência na planilha de custos dos transportes públicos da cidade e reivindicar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a situação financeira do sistema.

Jeisael Marx foi candidato pelo REDE; Franklin Douglas, pelo PSOL; e Hertz Dias, pelo PSTU. Os três, em seus programas de governo, propuseram a transparência e tornaram pública a planilha dos custos. Preocupados com a situação de paralisação dos ônibus, numa greve que ultrapassa uma semana de duração, eles decidiram movimentar-se para exigir que a Prefeitura abra um debate público sobre os transportes.

“A população não pode ficar sem transporte. O comércio não pode parar. E a cidade não pode ficar à mercê dos interesses dos empresários. A reivindicação dos trabalhadores é justa. Mas a população não pode pagar a conta, com aumento das tarifas, e nem com subsídio aos empresários, sem saber os custos do sistema. Transparência já”, exigem Jeisael (REDE), Franklin (PSOL) e Hertz (PSTU).

Eles se uniram à proposta do professor Wesley Sousa de uma petição on-line para reunir assinaturas a favor de uma CPI dos Transportes. E pretendem levar a proposta à audiência pública que será realizada na Câmara de Vereadores, na próxima quarta-feira (3/11), sob coordenação do Coletivo Nós de vereadores.

Para subscrever o abaixo-assinado pela CPI dos Transportes, basta acessar este link: https://bit.ly/3GlG2cx.