Seleção Brasileira vence a Colômbia por 1 a 0 e garante vaga antecipada para a Copa do Mundo de 2022

Compartilhe sem moderação

Jogando em São Paulo na noite dessa quinta-feira (11), a Seleção Brasileira venceu a Colômbia por 1 a 0, resultado que garantiu a classificação para a Copa do Mundo de 2022 (Catar) com cinco rodadas de antecedência nas Eliminatórias. O atacante Lucas Paquetá marcou aos 26 minutos do segundo tempo o único gol da partida, na Arena Corinthians.

Com o resultado, a equipe comandada por Tite chegou a 34 pontos. Restam agora mais quatro vagas para a América do Sul no Mundial, uma delas por meio de repescagem. No momento, o segundo lugar é ocupado pela Argentina (25), seguida por Equador (20), Chile (16) e Colômbia (16).

O próximo compromisso do escrete “Canarinho” está marcado para as 20h30min da próxima terça (16), fora de casa. Desta vez, o adversário será a Argentina, no estádio Bicentenário de San Juan.

Resumo da partida

O Brasil teve pela frente um adversário bem postado defensivamente. Com uma forte marcação colombiana, os espaços pouco apareceram no primeiro tempo.

No toque de bola rápido, os comandados de Tite assustaram com Paquetá, Casemiro e Gabriel Jesus. O chute de fora da área também foi uma das armas do Brasil, que levou perigo em mais uma tentativa de Paquetá.

Aos 35 minutos, a equipe anfitriã teve ótima oportunidade para abrir o marcador, quando Raphinha partiu em velocidade pela direita e tocou para Danilo, o lateral chegou cruzando, mas viu a bola desviar na marcação e acertar o poste.

Já nos acréscimos, a Seleção ficou mais uma vez no “quase”, após cabeçada venenosa de Marquinhos. Do outro lado, a Colômbia assustou nos chutes de média distância de Zapata e Luis Díaz.

Depois do intervalo, a Canarinho manteve o controle das ações. Gabriel Jesus, aos 5 minutos, mandou para fora. Aos 12, Neymar cobrou falta para boa defesa de Ospina. Na sequência, Matheus Cunha teve duas oportunidades consecutivas de cabeça, mas errou o alvo.

Até que, aos 26 minutos, Marquinhos roubou a bola e tocou para Neymar. O camisa 10 deu o passe de primeira para Paquetá, que também de primeira bateu para o fundo das redes.

No embalo do gol, o Brasil quase fez mais um, aos 37: Matheus Cunha recebeu passe em profundidade de Antony, mas acabou travado na hora exata da finalização. Mais tarde, foi a vez de Antony tentar o dele e Ospina novamente fez a defesa.

Ficha técnica

– Brasil: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro, Casemiro, Fred (Vinícius Júnior), Lucas Paquetá (Fabinho), Raphinha (Antony), Gabriel Jesus (Matheus Cunha) e Neymar. Técnico: Tite.

– Colômbia: Ospina, Muñoz (James Rodríguez), Sánchez, Tesillo, Mojica (Cuellar), Barrios (Muriel), Cuadrado, Lerma, Moreno, Luis Díaz (Roger Mantínez) e Zapata (Borja). Técnico: Reinaldo Rueda.

– Arbitragem (trio chileno): Roberto Tobar, auxiliado por Christian Schiemann e Claudio Rios. No VAR, o argentino German Delfino.

– Cartões (todos amarelos): Fred, Neymar, Casemiro e Vinícius Júnior no lado brasileiro, mais Mojica, Barrios e Cuadrado pelo lado colombiano.

– Público: 22.080 pessoas, com renda de R$ 7,1 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *