Sampaio enfrenta o desespero do Cruzeiro e procura derrubar tabu no Castelão

18 de novembro de 2021 Por Sólon Vieira 0
Compartilhe sem moderação

Nesta quinta-feira (18), o Sampaio Corrêa enfrenta o Cruzeiro, às 21h, no Castelão, pela Série B do
Campeonato Brasileiro. A partida é válida pela penúltima rodada da competição. A Raposa entra em
campo precisando vencer para garantir de vez a permanência do clube na segunda divisão nacional, sem
mais riscos de queda.

Isso porque, com os resultados da rodada passada, o Cruzeiro ainda tem chances matemáticas de cair
para a Série C. Assim sendo, com os três pontos, a Raposa elimina de vez as possibilidades ainda
existentes, já que o primeiro clube dentro da zona de rebaixamento, o Londrina, tem 41 pontos e, mesmo
vencendo, não mais alcançaria a equipe mineira na tabela de classificação.

Atualmente, o Cruzeiro ocupa a 11ª colocação. Enquanto isso, o Sampaio Corrêa, com os mesmos 46
pontos da Raposa, está em 10º lugar.

QUEM JOGA?

O Cruzeiro tem alguns desfalques para o duelo, já que Bruno José ainda se recupera de desconforto e
Wellington Nem e Marcinho cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Ainda, Vitor Leque
e Keké ficam de fora do confronto por lesão. Marcelo Moreno segue com a Seleção Boliviana e, portanto,
ainda é baixa.

Enquanto isso, Adriano retorna a equipe após cumprir suspensão automática. Justamente por isso, o
Cruzeiro, de Vanderlei Luxemburgo, deve ir a campo com a seguinte escalação: Fábio; Rômulo, Eduardo
Brock, Rhodolfo (Ramon) e Felipe Augusto; Adriano, Lucas Ventura, Giovanni e Claudinho (Marco Antônio);
Bruno José e Thiago.

Já o Sampaio Corrêa, treinado por João Brigatti, deve entrar em campo com o seguinte time: Luiz Daniel;
Maurício, Allan Godói, Nilson Jr. e Éder Lima; Betinho, Ferreira, Gui Campana e Léo Arthur; Roney e
Jackson.

TABU!
E tem tabu na área. É que o Cruzeiro nunca perdeu para o Sampaio Corrêa jogando o Maranhão. Sob os
domínios da equipe maranhense, houveram duas partidas e a Raposa venceu ambas. Ao todo, o
retrospecto também é favorável para a Raposa. As equipes se enfrentaram cinco vezes, com duas vitórias
da Raposa, dois empates e um triunfo maranhense.

Foram também seis gols marcados pelo time celeste e quatro pelo Sampaio. No último encontro entres as
equipes, o placar terminou marcando um empate: 1 a 1.