Jovem Pan diz que lidera com Os Pingos nos Is, mas fica em quarto lugar

Compartilhe sem moderação

A vida da Jovem Pan News não anda nada fácil. Depois de um início promissor, em que chegou conseguiu se aproximar da GloboNews em determinadas faixas horárias, o novo canal de notícias do país está amargando uma difícil realidade. A emissora liderada por Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha, se estabilizou em uma indigesta quarta colocação entre os noticiosos e só consegue superar a BandNews TV, eterna lanterninha do setor. Até mesmo Os Pingos nos Is, carro-chefe da programação da rede, está mais perto do traço do que dos índices das principais rivais.

Em uma tentativa de chamar a atenção da militância nas redes sociais, a Jovem Pan decidiu apelar para factoides: o canal de notícias exibiu durante boa parte dessa quinta (25) uma tarja rotativa em seu gerador de caracteres comemorando o desempenho da atração capitaneada por Vitor Brown e Augusto Nunes. “A GloboNews já foi superada mais de uma vez por Os Pingos nos Is e será outras vezes”, anunciava a emissora. Mas afinal, essa afirmação é verdadeira? Com base em dados oficiais do Ibope, obtidos com fontes do mercado, o TV Pop pode afirmar que não é bem assim.

O formato, de fato, teve um início promissor. Beneficiado pelo efeito curiosidade e pela ausência de César Tralli, titular do Edição das 18h, o jornalístico teve bons índices de audiência durante as suas primeiras semanas no ar e chegou a incomodar a GloboNews, ultrapassando a líder crônica do setor durante alguns minutos, mas nunca na média dos respectivos confrontos. Porém, o canal de notícias da Globo reagiu rapidamente. Junto com a volta do âncora titular, a emissora antecipou o início da Edição das 18h para 17h50 e fez mudanças no formato do telejornal, deixando-o mais dinâmico. Dias depois, a CNN Brasil mudou sua programação e também antecipou o CNN Primetime.

Com as mudanças na programação das concorrentes, o carro-chefe da Jovem Pan News perdeu praticamente todo o público conquistado em seus primeiros dias de exibição. Considerando todo o território brasileiro, com base nos dados do chamado Painel Nacional de Televisão, Os Pingos nos Is acumulou média de 15.975 telespectadores por minuto nas edições veiculadas entre os dias 27 de outubro e 21 de novembro. Este índice colocou o canal na 45ª colocação entre todas as emissoras de TV paga do país, e em quarto lugar quando comparamos apenas os noticiosos.

Confira:

Os Pingos nos Is – audiência nacional

CANALTELESPECTADORES POR MINUTOPOSIÇÃO
GloboNews88.758
CNN Brasil23.41232º
Record News22.46934º
Jovem Pan News15.97545º
BandNews TV12.07953º

Levando em consideração apenas os índices da Grande São Paulo, principal polo publicitário do país, a situação de Augusto Nunes e Vitor Brown também não é das melhores. No mesmo período, a dupla marcou média de apenas 0,077 ponto na região e caiu duas posições, indo para um ainda mais indigesto 47º lugar, enquanto suas concorrentes diretas ganharam posições: na comparação com a aferição nacional, a GloboNews foi do terceiro lugar para a vice-liderança dos canais pagos, enquanto a CNN Brasil saltou de 16º para 32º lugar e a Record News avançou 12 posições. Veja:

Os Pingos nos Is – audiência na Grande São Paulo

CANALMÉDIAPOSIÇÃO
GloboNews0,492
CNN Brasil0,18916º
Record News0,15222º
Jovem Pan News0,07747º
BandNews TV0,04360º

Conforme antecipado pela reportagem, os índices calamitosos da Jovem Pan News não ficam restritos aos seus principais programas: o canal de notícias já atingiu a marca vexatória de 0,0 ponto de média em três ocasiões do mês de novembro, nos dias 14, 20 e 21. Ou seja: durante 72 horas, a emissora teve índices de audiência quase residuais, que representam a sintonia de menos de 14 mil telespectadores em todo o território nacional — marca necessária para que a rede registre 0,05 ponto, índice suficiente para o arredondamento para 0,1.

Mesmo nos dias úteis, o desempenho da emissora de Tutinha não é muito melhor. O canal teve média de 0,1 ponto no Painel Nacional de Televisão na última quarta-feira (24) entre 7h e meia-noite, índice seis vezes menor do que a audiência obtida pela GloboNews na mesma faixa horária — a emissora da Globo chegou a marcar média de 1,0 durante a exibição do Em Pauta, disputando até mesmo com canais abertos. A Jovem Pan, por sua vez, só conseguiu superar a barreira do um décimo com Jornal da Manhã, Os Pingos nos Is, Jornal Jovem Pan, Top of The Hour 22h e Pânico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *